O PowerBIZ utiliza tecnologias modernas para o rastreamento em tempo real do visitante, e alguns dispositivos mais antigos podem ser incompatíveis.

A principal tecnologia a ser observada do lado do cliente é o WebSocket, seguindo a documentação no site CanIUse, temos a seguinte tabela de compatibilidade:

  • Google Chrome: versão 16+
  • Firefox: versão 11+
  • Safari: versão 7+
  • Internet Explorer: versão 10+
  • Edge: todas as versões
  • Opera: versão 12.1+
  • IOS Safari: versão 6.1+
  • Opera Mini: não suportado
  • Android: versão 4.4+
  • Black Berry: versão 10
  • Opera Mobile: versão 12.1+

O que remete a versões lançadas entre 2014 e 2015. Alguns dispositivos dessa idade, como celulares Android ou iPhones sem atualização ainda rodam as versões nativas não suportadas e não serão rastreados pelo PowerBIZ.

Nossa estimativa é que isso impacta menos de 3% dos acessos em um site de uso geral.

Outro ponto a ser considerado é que no PowerBIZ nós obrigamos o uso de criptografia na comunicação, o que pode obrigar a necessidade de versões mais novas dos navegadores. O impacto negativo é em menos de 1% do tráfego.

Sobre a conectividade, o PowerBIZ utiliza pouco tráfego, e mesmo a conexão 2G mais simples é capaz de atender as funcionalidades básicas, embora possa limitar a performance do Live View por exemplo, mas alguns fatores podem bloquear o acesso:

  • Firewalls corporativos
  • Firewalls em HotSpots
  • Antivírus com firewall embutido em modo agressivo

Desses três últimos, os Firewalls corporativos são responsáveis por boa parte dos bloqueios por falta de compatibilidade com tecnologias modernas, mas a porcentagem dos clientes afetados varia muito se o site atende B2C ou B2B, afetando mais esses últimos clientes.

Nas configurações do cliente, o PowerBIZ não é capaz de registrar eventos dos clientes com as seguintes configurações:

  • Javascript desabilitado

Não temos estimativa de quantos clientes navegam sem Javascript desabilitado, mas isso com certeza afeta toda a experiência desses clientes na Web hoje em dia, tornando essa configuração quase que inaceitável.

Ainda nas configurações do cliente, as seguintes configurações farão o PowerBIZ funcionar de forma não contínua, não entendendo corretamente uma Sessão do cliente ou o retorno do mesmo cliente:

  • Cookies desabilitados
  • Modo Anônimo

Também, igual Javascript desabilitado, a chance dos clientes terem Cookies desabilitados é mínima, pois afetaria toda a experiência e funcionamento de vários sites.

Modo Anônimo

O Modo Anônimo do navegador tem um tratamento diferenciado, embora ele não persista dados no navegador do cliente para o longo prazo, nem disponibilize dados do modo não-anônimo (como Cookies ou LocalStorage), esses dados ficam persistentes enquanto a aba estiver aberta.

Isso permite ao PowerBIZ rastrear uma Sessão inteira em modo anônimo, mantendo consistência das ações executadas e dados mapeados.

Todas os recursos irão funcionar, incluindo Live View, Custom Tags e Automações.

O mesmo cliente pode até ter mais de uma Sessão rastreada, por exemplo, caso deixe uma aba anônima aberta, hiberne o computador e religue depois de 30 minutos ou mais, isso dará tempo ao PowerBIZ de armazenar a primeira Sessão e iniciar uma nova Sessão quando o computador voltar a conectar.

A grande limitação do Modo Anônimo é que variáveis que normalmente pertencem ao Lead, por exemplo, um E-mail capturado, não estarão disponíveis numa futura conexão, pois não ficará nenhum dado identificador do Lead armazenado no computador do cliente (Cookies ou LocalStorage).

Bots

O PowerBIZ bloqueia o acesso à plataforma de vários Bots, Web Crawlers e ferramentas automatizadas, com o objetivo de não poluir os dados.

Leia mais nesse artigo.