Você é um consumidor em busca de uma máquina de lavar para dar de presente para sua irmã que acabou de casar. Com uma rotina agitada e sem muito tempo livre, você opta em adquiri-lá pela internet.

Após pesquisar diversos modelos, cores, funcionalidades, tamanhos, ler opiniões de outros consumidores e comparar preços…Ufa! Você já tomou sua decisão e agora é só comprar!

Para sua surpresa, lá no carrinho de compras, o site informa que o frete para a cidade da sua irmã é muito mais alto do que você imaginava.

Não tem nada mais triste na vida de um consumidor do que lidar com essa frustração. Após ter percorrido todo o trajeto, ele nota que não conseguirá concluir a compra.

Para o comerciante, também não é fácil. Afinal no e-commerce o que conta, mesmo, é a taxa de conversão ou seja, a capacidade de gerar experiências positivas com a marca e transformar as visitas em compras concretizadas.

Viu como abandonar um carrinho é um problema para quem tem loja online? Pequenos detalhes impactam diretamente o processo final e quando entendemos eles, é possível aplicar ações especificas diminuindo o gargalo no funel de conversão.

Carrinho abandonado 

Abandono de carrinho ocorre quando o internauta acessa uma página de e-commerce, seleciona alguns produtos e não conclui a compra.

O estudo E-Commerce Radar apresentou resultados de 2017 a respeito do mercado online brasileiro. Cerca de 82% dos carrinhos que são gerados em lojas virtuais são abandonados.

Atualmente, evitar que os clientes desistam da compra tem se tornado um grande desafio. Afinal, quanto maior for o índice de abandono, menor é a taxa de conversão.

Conheça os principais motivos e acabe com eles!

Mas o que leva a esse comportamento de não concluírem a compra? O que aconteceu? A página deu erro? O frete está caro? O layout é confuso? Várias perguntas ficam pipocando na cabecinha de todo empreendedor.

Não se torture tanto. Nem tudo é culpa sua, falta de estratégia ou mau funcionamento do seu site. Uma pesquisa realizada pelo SPC Brasil em parceira com a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas revelou que 46,4% dos consumidores online não compram em sites ou marcas desconhecidas, justamente por não saberem a procedência do produto (27,9%) e desconfiarem da qualidade (18,5%).

Como você pode notar, o processo de compra pela internet envolve muitos fatores, desde questões técnicas da sua loja até motivações internas dos consumidores. É preciso estar atento a todos os processos.

Conheça os principais vilões:

1. Custo do frete

Não tem jeito! Muita gente vai deixar o carrinho quando chegar nessa etapa. Ao colocar o CEP para verificar o valor do frete é um momento tenso – ele é determinante na decisão de compra pela internet. Quando a pessoa chega até o carrinho e percebe que o frete está muito acima do esperado, isso pode ser um motivo de desistência.

Uma boa opção de como recuperar carrinho abandonado é oferecer frete grátis. Alguns e-commerce maiores dão a opção de retirada do produto em suas lojas físicas, se for possível aplicar em sua loja virtual tudo bem, caso contrário… procure oferecer mais de uma opção de frete para o cliente.

2. Não estão prontos para comprar

Consumidor indeciso também abandona o carrinho. Talvez ele estava apenas pesquisando e comparando preços, gostou do que viu, mas percebeu que estava se precipitando e aquele não era o momento certo para finalizar a compra. Ou então decidiu colocar o item de desejo no carrinho e ao finalizar a compra viu que aquele produto não era prioridade e podia esperar para adquiri-lo. O verdadeiro motivo? Nunca vamos saber.

Com tudo, podemos tentar resolver esse “problema” de alguma forma. Seria bacana lembrar o consumidor que existem itens no carrinho para ele comprar. Estipule um prazo e depois de um tempo, envie um e-mail para o cliente dizendo que ele tem mais x dias para levar aquela peça.

Se o seu ramo for vestuário, por exemplo, crie diferentes “looks” mostrando para o consumidor mil formas de utilizar o modelo que ele escolheu. Essa tática pode ser o que faltava para a tão esperada compra.

3. Produto mais caro do que a concorrência

Sempre vai existir aquele concorrente que terá um valor menor para a mesma mercadoria e é natural de nós, seres humanos, comparar e procurar o melhor custo beneficio.

Por isso, oferecer descontos pode ser uma boa estratégia, mas dar descontos aleatórios talvez não seja legal. Faça isso com o cliente que já tem o hábito de comprar em sua loja. Além disso, saiba quem são seus principais concorrentes. Conhecer a concorrência é essencial.

4. São forçados a criarem uma conta

Vamos ser honestos e realistas, ninguém vai acessar seu site porque quer apenas criar uma conta. Se clicaram na sua página é porque há interesse no seu produto ou serviço.

Permita que o usuário compre primeiro, assim, ele ficará feliz, diminuindo as chances de abandonar o carrinho. Sem falar que a probabilidade dele fazer, depois, um cadastro no seu site também é maior.

Espere e deixe-o comprar tranquilamente. Ao encerrar o pedido, sugira que ele crie uma conta. Se optar em fazer isso, procure fazer da forma mais simples possível. Sem formulários confusos ou muito complexos.

Atenção: Se você não vai forçar o usuário a se cadastrar no seu site, ao menos dê a ele motivo para criar um login de forma espontânea. Que tal fornecer a opção de rastrear o pedido por meio da conta feita no site? Ter acesso a cupons de descontos? Ou até mesmo receber informações exclusivas e em primeira mão sobre o seu negócio? Seja criativo e faça questão de deixar esses benefícios em destaque.

5. Problemas técnicos

Página não encontrada, problema no servidor, falta de energia elétrica, internet fora do ar… Também podem ocorrer problemas técnicos durante o processo de finalização da compra. Alguns deles estão ao seu alcance para serem corrigidos, outros não.

Faça frequentes testes no seu site, principalmente para ter certeza de que ele suportará maior número de tráfego em datas comemorativas e feriados, por exemplo – onde as pessoas estão mais propensas a comprar – se você não mantem seu site adaptado para atender as necessidades de cada individuo, mais vendas você perderá.

6. Confusão na hora de fechar o pedido

Não importa se o seu site não foi atualizado desde 1998 ou se o seu formulário de pedido é complexo, a realidade é apenas uma: quanto mais tempo o cliente demora para fechar o pedido, maior é a chance dele abandonar o carrinho.

Isso acontece devido à falta de paciência das pessoas na internet. E você precisa ser inteligente, prático e rápido para suprir as expectativas delas. É comprovada a falta de paciência quando se trata de compras online.

Não marque bobeira! Elimine o maior número possível de etapas no check-out. Qualquer coisa que não seja necessária deve ser eliminada. Faça um estudo de usabilidade ou inicie um programa de otimização da taxa de conversão. Às vezes a complexidade não é imediatamente aparente e você precisa de um estudo mais específico para apontar os problemas.

A verdade que ninguém conta sobre o abandono de carrinhos

Mesmo que você siga todos os passos deste artigo, dificilmente impedirá que os usuários abandonem o seu carrinho. Hoje conseguimos compartilhar com vocês algumas dicas que podem te ajudar a diminuir ou evitar que sua taxa de abandono aumente. Mas se você quer saber mais sobre o assunto, procure um de nossos especialistas.

A plataforma do PowerBiz é repleta de ações que vão te ajudar a entender melhor o seu funil de vendas e, por meio de, análise de comportamento do usuário no seu e-commerce vamos sugerir melhorias para alavancar as suas vendas.

Espero que você tenha gostado.

Até o próximo artigo.